Como eu já havia feito diversos modelos menores, havia chegado a hora de construir uma máquina com ronco forte e que deixe aquele rastro de fumaça por onde passar. Sem pensar muito, escolhi fazer um legendário veterano da Segunda Guerra Mundial, o Polikarpov Po-2. Eu queria ser razoável, por isso decidi construí-lo de madeira e cobri-lo com tela dopada de forma que ele não ficasse muito pesado. Eu aproveitar para testar meu CNC feio por mim mesmo. Eu iniciei com algumas fotos de que eu havia encontrado na internet que mostravam o avião de três pontos de vista e comecei a serrar.

Apesar da CNC estar longe de perfeita, eu consegui avançar no trabalho. Eu fiz os moldes usando uma lâmina de compensado de bétula com 4mm de espessura e as longarinas de uma tábua de abeto 5x5. Em pontos delicados de conexão entre as longarinas e os moldes, eu fiz buracos de 1 mm e inseri pedaços de cabo de aço. Acho que eles não ajudaram em nada, mas naquele momento a ideia me pareceu boa. Depois disso eu colei tudo com supercola cianoacrilato. O resultado foi a estrutura abaixo que eu chamei orgulhosamente de “fuselagem”.

Agora as nervuras:

Já que as asas foram feitas pensando em serem removíveis, eu fiz as vigas de uma peça de compensado. As nervuras foram feitas de uma placa de balsa de 3mm. Eu decidi não fazer barras exceto as proteções superiores e inferiores do mesmo abeto 5 x 5. Para reforçar a célula do biplano, eu tive a ideia em usar treliças de amarração. Realmente, colocar a longarina das asas próximo aos winglets e próximo às escoras seria uma ótima solução. Eu concluí isso somente mais tarde e agora eu precisei batalhar para conseguir o peso apropriado:)))
Quando eu comecei a trabalhar com as asas (as superiores e inferiores tem o mesmo tamanho), eu iniciei com a secção central.

Eu cobri a borda frontal com uma peça de 1 mm de balsa. A CNC deixou o trabalho de montagem bem agradável já que tudo se encaixou de maneira suave e singular. Eu colei estas peças com super cola. O cheiro da colagem não foi nada agradável, mas o importante é que tudo ficou bem colado.

A parte frontal da fuselagem foi coberta com balsa de 2 mm. No cockpit coloquei os painéis. Eu desenhei os instrumentos num aplicativo de desenho gráfico e depois imprimi. Eu usei círculos de plástico transparente, capas de fios e vejam só o resultado:

E aqui está o interruptor de força, que é movido pelo nivelador do throttle localizado próximo do assento do segundo piloto.

As rodas, que eu peguei de um carinho de bebê, têm exatamente o tamanho certo e são bem leves. Eu as pintei e depois coloquei nas mesmas faixas de borracha de tubos de motocicleta. Como as barras do trem de pouso e as escoras das asas estavam prontas, eu pude juntar toda a estrutura para teste.



Estes são o leme de direção da cauda, a estabilizadora removível feita de balsa, o leme e os ailerons de alumínio de 1 mm.

O calço do compensado é feito por um para-choque de borracha, exatamente como no protótipo. Um calcanhar de aço foi anexado a ela na parte inferior (não mostrado na foto).

Os ailerons inferiores são movidos por cordas (veja figura abaixo). Estes são conectados aos superiores por braços verticais.

Agora a parte que foi mais difícil para mim: revestir e pintar. Eu cobri a fuselagem com organza e verniz de celulose (sem dopagem) e pintei o avião com tinta VIKA aerossol para carros.

Eu cobri as asas e o estabilizador (por favor não ria muito alto) com uma meia-calça. Ela se prendeu bem a superfície e pontas da asa. Eu coloquei duas camadas de verniz nas asas e as pintei. Honestamente, a superfície ficou muito frágil para aguentar o impacto de algo pequeno como um pedaço de capim.

A parte de baixo foi pintada com tinta azul e a de cima de caqui. As alavancas de controle, os pedais e o assento do piloto foram feitos de fios de alumínio. As alavancas de controle foram conectadas com o leme e o elevador.

O leme e o elevador são movidos por cabos de controle que eu fiz de um pedaço de anzol comprado numa loja de pesca aqui da cidade.

Finalmente, o motor. Eu fiz cilindros falsos de espuma rígida, varetas de 6 mm e usei um frasco de xampu como cárter (sua cor foi perfeita para o motor). Eu afastei o silenciador no quadro do motor e conectei o mesmo ao motor usando um tubo de silicone que eu precisei substituir diversas vezes porque foi queimado. Eu não fui econômico no peso porque a frente é curta. A hélice 13x8 de madeira
Turnigy Gas Wood Propeller 13 x 8
Produto http://www.rcfair.com/pt/product/1128114/
que foi pintada do mesmo jeito que o restante do avião.

Enfim, não está faltando um piloto neste avião? Um dos meus bonecos fez este papel com perfeição. Coloquei nele um capacete de couro, um óculos de aviador e depois coloquei suas mãos na posição certa. O legal é que ele pode mover as mãos e mexer a cabeça!



Eu tentei não ter pressa durante a sua montagem. As asas precisaram de eixo parafusos, o estabilizador de quatro e o leme de um. Além disso, haviam treliças de amarração e similares. Depois de uns 15 e 20 minutos (sem problema, este é um biplano), ficou pronto! O ronco do motor soou como um doce som de um pássaro para mim. Este foi o meu primeiro motor a quatro tempos e foi de arrepiar, eu realmente adorei! Em seguida então eu puxei o throttle para frente e para traz e o avião começou a ganhar velocidade!

A decolagem foi extremamente suave e leve. Eu imaginava que 4,5 kg era demais. Que nada! Eu nem precisei fazer muito recorte. Depois de umas poucas voltas eu fui fazer algumas acrobacias. Os loops não foram nada ruins. As acrobacias tipo rolar em barril foram um pouco espichadas. Não tem problema, afinal este não é um avião de acrobacias.

Os cinco minutos passaram voando e era hora de pousar. Precisei de duas passagens para pousar. A velocidade foi baixa tanto do pouso como no voo. Afinal, nem tudo são flores!


Mais tarde ficou mais interessante: eu fiz uma capa e diversos. Eu coloquei ele para voar mais uma vez e, eureca! Estava pronto o avião Lesma Celeste (tradução livre do nome do filme "Heavenly Slug").

Devo dizer que a excelente foto de cima foi tirada pelo novo dono do meu avião, meus agradecimentos por isso.

Características:
Abertura das asas superiores: 185 cm
Peso: 4,5 kg
Motor:
ASP FS91AR .90 Four Stroke Glow Engine
Produto http://www.rcfair.com/en/product/8984/


This is the translated version. You can read the original Russian article here.